2012/12/22 Dom Roberto – Teatro de Marionetas

Nesta iniciativa Cedofeita Viva – ISCET, trouxemos o Teatro de Marionetas do Porto à Rua de Cedofeita, na manhã de 22 de dezembro – um evento com o apoio da ACECE e Câmara Municipal do Porto. A peça “Dom Roberto” é bem conhecida e repetida no teatro tradicional português de marionetas, que é sempre bom rever.
O Dom Roberto é provavelmente o mais ocidental dos descendentes de Pulcinella. Terá sido introduzido em Portugal pela mão de bonecreiros italianos e franceses no séc. XVII. Ao contrário dos parentes europeus, não tem um tipo físico determinado, o que permitiu em Portugal a generalização do termo robertos, a todos os fantoches de luva. Popularizou-se muito por ser instrumentalizado para protesto e crítica social. Uma das características que o distingue de todos os outros fantoches de luva europeus, é o facto de todas as suas personagens falarem com voz de “palheta”, instrumento que o bonecreiro coloca na garganta para amplificar e distorcer o som da voz – neste caso, a Sara. Um espetáculo de qualidade, que divertiu os mais velhos e os mais novos!