2013/05/25 Poster Tarde Dançante

Dançar em Cedofeita

A 25 de maio, entre as 14:00 e as 17:30, vamos animar Cedofeita com demonstrações e workshops de dança (cruzamento da R. Cedofeita e R. Miguel Bombarda). Vão participar os estudantes do ISCET, que interpretam kizomba e afrobeat, e as escolas de dança Sabor Latino e Arena Academia de Dança, que vão dançar respetivamente ritmos latinos e indianos (ao estilo de Bollywood). A tarde terminará com o grupo Ragga Soul, que vai interpretar hip hop.
Uma tarde a não perder, e a oportunidade para dançar connosco e até aprender alguns passos…

2013/05/04 Cedofeita e Companhia

A 4 de maio, na Rua de Cedofeita, decorreu mais um evento Cedofeita Viva: Cedofeita e Companhia, ou “Leva-me CãoTigo, que eu Gato Muito de Ti!” – uma forma animada de sensibilizar o público para a adopção responsável de animais abandonados. Estiveram presentes associações convidadas que tiveram a oportunidade de expor os seus projetos e divulgar os animais que detêm para adopção: Organização Cedofeita Viva – ISCET, com parceria ACECE e CMP, e apoio do BFC.
Participação de: A Cerca, Animais Barcelos, ASAA Santo Tirso, Associação Midas, Bichanos do Porto, CãoViver, Centro Hospitalar Veterinário, Gaticão A4, Maranimais, Patudos de Cedofeita, Senhores Bichinhos, SPA Guimarães e Vivanimal.
O evento foi apadrinhado pelo Boavista Futebol Clube, que destacou alguns jogadores e o seu presidente para uma sessão de autógrafos. Os Cedofeita Viva vestiram-se de cães e gatos e animaram a rua – com o apoio da ACECE e da CMP.

2013/04/27 Limpar Cedofeita II

Pela segunda vez – a primeira foi em junho de 2012 -, Cedofeita Viva organizou uma nova limpeza da rua de Cedofeita. Desta vez a ação começou logo de manhã, e contou com a ajuda da brigada anti-grafito da Câmara Municipal do Porto, do projeto “Por um Porto Mais Limpo”. A equipa do projeto pôde também contar com o apoio de estudantes da Universidade Lusófona (Porto), dos amigos do Máscara Solta e de outros voluntários. Durante o dia estive-se a remover cartazes, pintar paredes, caixas e muros, e até um veículo da DMLU/CMP andou a varrer a rua! No final a rua ficou de cara nova. Mais um evento com o apoio da ACECE e da CMP.

2013/04/20 Liberté

A rua de Cedofeita teve na tarde de hoje, 20 de abril, um espetáculo de rua que atraíu centenas de pessoas: “Liberté”, da companhia Allatantou, liderada pela Joana Peres. O espetáculo foi organizado pela Associação Terra na Boca, que também anima o Bairro das Artes, de que é associado o Cedofeita Viva – ISCET. Vários estudantes do Cedofeita Viva ensaiaram previamente com a Joana Peres e participaram no espetáculo, que arrancou das instalações do ISCET e seguiu até ao entroncamento de Cedofeita com Bombarda. Aí decorreu a parte principal do show, que é inspirado em temas relacionados com a escravidão e a libertação, e em ritmos e danças da Guiné. Foi fantástico…!

2013/04/20 Um Fernando, Muitas Pessoas

Em paralelo às inaugurações de Bombarda de 20 de abril, a Culture Print organizou um evento original: “Um Fernando, Muitas Pessoas”. Os membros do Máscara Solta, que encenaram a performance, e estudantes do Cedofeita Viva, vestiram-se de preto e com um bigode à Pessoa, e leram em voz alta passagens da obra do poeta, no meio de Miguel Bombarda; Marta Cunha dançou. As pessoas acercaram-se dos leitores, curiosas. O efeito foi muito curioso…

2013/03/09 Ler é Manuel António Pina

A Culture Print anima o Bairro dos Livros há cerca de 1 ano, realizando uma ação mensal. Em 9 de março contou com Cedofeita Viva, que participou numa homenagem original a Manuel António Pina: uma “manif”, em que os participantes leram ao megafone versos do poeta. Os Cedofeita Viva leram a “Carta a um Jovem Poeta”, e acompanharam o evento desde o arranque junto à Torre dos Clérigos até À Praça D. João I.

2012/12/22 Dom Roberto – Teatro de Marionetas

Nesta iniciativa Cedofeita Viva – ISCET, trouxemos o Teatro de Marionetas do Porto à Rua de Cedofeita, na manhã de 22 de dezembro – um evento com o apoio da ACECE e Câmara Municipal do Porto. A peça “Dom Roberto” é bem conhecida e repetida no teatro tradicional português de marionetas, que é sempre bom rever.
O Dom Roberto é provavelmente o mais ocidental dos descendentes de Pulcinella. Terá sido introduzido em Portugal pela mão de bonecreiros italianos e franceses no séc. XVII. Ao contrário dos parentes europeus, não tem um tipo físico determinado, o que permitiu em Portugal a generalização do termo robertos, a todos os fantoches de luva. Popularizou-se muito por ser instrumentalizado para protesto e crítica social. Uma das características que o distingue de todos os outros fantoches de luva europeus, é o facto de todas as suas personagens falarem com voz de “palheta”, instrumento que o bonecreiro coloca na garganta para amplificar e distorcer o som da voz – neste caso, a Sara. Um espetáculo de qualidade, que divertiu os mais velhos e os mais novos!

2012/12/19 Natal d’Outros Tempos

No ISCET decorreu um evento de Natal, que começou por uma pequena venda de produtos artesanais, em que participaram alguns comerciantes locais, entre outros. Seguiu-se o prato forte da iniciativa – a palestra do Dr. Jorge Pinto, coordenador do projeto CHIP, que interveio perante um auditório cheio sobre como era o Natal no séc. XIX na cidade do Porto, na sequência de uma investigação do CHIP. Após a palestra, atuou o excelente coro Mille Voci, interpretando temas de Natal. Finalmente, a oportunidade de provar doces natalícios, tradicionais no Porto, de que há registos documentais serem já populares no séc. XIX…

2012/12/08 Cedofeita Tradicional

Foi feriado, 8 de dezembro, mas nem por isso a rua de Cedofeita deixou de ter lojas abertas e muita gente a passar. Quem por lá passou pôde ver mais um evento Cedofeita Viva: a celebração dos jogos tradicionais bem conhecidos em Portugal – a macaca, as corridas de sacos, damas… mas também de Cabo Verde. As pessoas foram convidadas a participar – crianças e graúdos. A ACECE garantiu refeições tradicionais a preços económicos. E não faltou a música: atuou o Rancho Típico de São Mamede, e os estudantes também dançaram.

2012/07/07 Cedofeita – Palco Liberal

Com o apoio do Cedofeita Viva realizou-se um percurso pedestre, com início às 15:30 junto à Praça de Carlos Alberto, coordenado pelo Dr. Jorge Pinto do projeto CHIP, sobre edifícios de valor histórico e patrimonial da rua de Cedofeita, e referindo o palco que foi esta rua no séc. XIX durante o cerco do Porto, entre julho de 1832 a agosto de 1833. Neste período as tropas liberais de D. Pedro estiveram sitiadas pelas forças realistas fiéis a D. Miguel. A resistência da cidade e de D. Pedro garantiu a vitória da causa liberal em Portugal. Na apresentação intervieram estudantes do ISCET integrados no CHIP, e ainda o Prof. Eugénio dos Santos. O percurso foi seguido pelo Rancho Folclórico do Porto, que cantou canções oitocentistas, trajando à época, e terminando com a “Maria da Fonte” no auditório do ISCET.

Página 4 de 41234